borboleta batendo cabeça

   dona chica dimirouse histórias libertas

borboleta batia cabeça no vidro da janela

tive pena dela

“pena tem quem se sente superior”, pensei. problema dela. se de lagarta já voou, se vira!

borboleta batia cabeça insistentemente no vidro da janela.

será que a consciência de algumas espécies podem estar a serviço de outras? pensei, pensando também se ajudava ou não.

será que há uma função cósmica no ato de bater a cabeça no vidro?

será que devo eu intervir, tendo consciência que a pobre lagarta de asas pode passar o resto do dia tentando sair?

borboleta batia cabeça.

foi dando aflição de tanta inconsciência.

borboleta batia cabeça.

foda-se. empurrei a borboleta pra fora do vidro, no vão da janela.

borboleta bateu asas.

e eu continuei no chão, pensando como ela, que rastejava, hoje consegue voar.

Nenhum comentário

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: