,

   líricas

, pelo desequilíbrio, agradecida, pela instabilidade, agradecida, pelo passo em falso tomado pelo medo, agradecida, pelo reequilíbrio, pela inércia superada, pelo confronto com a queda, calor, ansiedade enfrentada, pela impossibilidade de se impor pensamento, pela urgência das respostas por segundo, pelo corpo desfeito estátua, pelo fato de ver-se no espaço, pedente, caída, pendente, pra frente, sem tempo de regredir, sem tempo de arrepender, sem tempo de julgar, sem tempo de congelar, sem tempo de não-ser, sem tempo de angustiar, por tudo que vai nascer, por tudo que pede amparo, por tudo que pede entrega, que pede queda, devoção, cuidado, pelo vetor para frente, cima e dentro, pelo profundo que brota da ação, pela ruptura do velho, pelo espanto – de quem anda, de quem segue, e percebe que nem o atomo pára no tempo,

,agradecida, movimento,.

Nenhum comentário

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: