CURTA-METRAGENS

tudo começou com o super 8, e meu pai trocando os rolinhos de 5 em 5 minutos. o som do resto de filme que sobrava girando e batendo, como se pulsasse: mais, mais, mais…

resolvi ir além, estudar mesmo. fui pra ECA, vivi intensos anos, alguns grandes mestres. mas também aprendi que a gente aprende mais fazendo e discutindo.

depois, no rala rala do mundo, do curta pros documentários, até descobrir que verdade e ficção são a mesma coisa, dentro e fora não tem diferença.

Os mais queridos estão aqui. Os documentários já vem já.

Nenhum comentário

Deixe uma resposta